sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Os sacrificios de um pai

Há dias jantei com o meu papá. Como habitual - em tempos de dieta -, fez-me um bife de perú com bróculos. Já eu tinha acabado o bife quando ele me diz: "não queres comer o resto do meu bife?"

E eu com ar de quem estava a arrebentar pelas costuras: "não consigo"

E ele: "vá láaa.... não me apetece, mas também não o quero deitar fora"

E eu: "então guarda e depois faz uma sandocha com o resto do bife" (sim... conversa à pobre)

E ele: "é que eu não gosto nada de bifes de perú"

E eu: "WHATAFUCK?!? Como não? Sempre te vi comer bifes de perú!"

E ele, acaba comigo de vez: "Mas não gosto! Só os faço porque tu gostas de bifes de perú !"


Há 26 anos que este homem anda a comer bifes de perú, porque eu gosto.
Juro por Deus, que até fiquei de lágrimas nos olhos!

Sei que para muitos, este post é parvo, mas eu acredito que é dos sacrificios, por muito pequenos que sejam, que se vê a estirpe de um pai e o seu amor pelos filhos.

4 comentários:

Sebastião disse...

Ah pois é. Assim é que eles nos vão ensinando!
Isso é como aquele casal que estão casados à 50 anos em que ele come sempre a côdea do pão porque pensava que a mulher gostava mais do miolo. Até que um dia decide comer o miolo e ela questiona-o porquê. Ele diz que estão a ficar velhos e que gostava de comer o miolo mas que como sabia que era o que ela gostava mais, tinha passado 50 anos a comer a côdea.
Ela riu-se e disse-lhe que só comia o miolo porque pensava que ele gostava mais da côdea, quando na realidade ela queria era côdea!
Enfim...não são sacrifícios, é amor!
Aí, mas que lamechas que eu tou hoje!!

mamamartinho disse...

Acho que esta é a maior prova de amor que o teu pai te poderia dar! São estes os momentos que temos ed guardar e reservar no coração!

Bjs

Mónica

Gore disse...

Tao fofinho que o teu pai é :)!

Istari disse...

São destas pequenas coisas que se fazem as verdadeiras mostras de amor, e não de palavras.

Sebastião: ando tão lamechas como tu!

mamamartinho: mas é mesmo! é mesmo verdade, estas é que são os momentos a guardar.

Goré: a quem achas que eu saio? :P