quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Resolução Ano Novo

Já vou tendo uma certa idade em que é necessário finalmente abraçar este lado de mim, até então renegado. Passo então a explicar:

Eu sou uma gaija-gaijo. Não porque sinta que nasci gaija quando devia ter nascido gaijo, mas porque sou uma gaija que é parecida com os gaijos em algumas coisas - não sou muito dada a lamechices e às vezes, demonstrações de afecto deixam-me um pouco incomodada... Também sou uma gaija-gajo porque o meu modo de vestir não é nada feminino - mas não pensem que ando para aí com roupa e sapatos de homem que não ando! mas as minhas roupas não têm feminilidade nenhuma. Sou uma gaija-gaijo muita parva, porque sei que sou gaija-gaijo, mas mesmo assim gasto rios de dinheiro em maquilhagem e roupas dignas de uma gaija-gaija e que não uso a não ser em casamentos e nos raros dias em que acordo tão bem disposta, que a minha faceta de gaija-gaija que se encontra lá tão recalcada dentro de mim, irrompe por ali acima, e, antes que eu me dê conta, já tou a por rímel. (uuh pensam vocês... a por rímel que loucura de gaija-gaija, mas para mim que ando sempre de carinha lavada e sem qualquer vestigios de maquilhagem, por rímel é uma loucura!! tanto que quando o ponho, assim que chego ao trabalho todos notam que há alguma coisa de diferente em mim).

Mas pronto... aqui vai... respira fundo....força...

ESTE ANO, VOU SER MAIS GAIJA-GAIJA porque tem que ser. Já tenho idade para ser gaija-gaija e até quero ser... até vejo tudo quanto é What Not to Wear (seja versão inglesa ou americana) - apesar do meu mais-que-tudo dizer (enquanto olha de alto a baixo) que não se nota que veja tão religiosamente tais programas. E pronto... vou começar as usar as coisas que para ali tenho, antes que ganhem caruncho. E como não tenho professoras, sem ser as professoras virtuais, é por isso que agora podem encontrar um novo par de links ali à direita.

1 comentário:

Cor de Mel disse...

Eu acho que sim!! Nada mais na moda que ser gaija, gaija...
Beijocas,
Lia.