sexta-feira, 24 de Dezembro de 2010

FELIZ NATAL!

Bem, aqui a Nazi-Natalícia vai pôr a tese de lado por uns dias. Até segunda só quero saber de Natal, cozinhar e comeeeeeeer!

Já ontem comecei os preparativos (juro que não percebo quem é que já anda a fazer os fritos há não sei quantos dias! hoje à noite deve parecer que estão a comer borracha!), já fiz o hummus e o paté de salmão fumado para entrada, o recheio de grão para as azevias (nota-se muito a influência muçulmana no meu sangue alentejano??) e o bolo rainha (que o meu F. não gosta de bolo rei). Hoje falta pôr o bolo no forno, fazer as azevias, fazer as salsichas da Nigella, os camarões (para entrada) e o bacalhau (para desgosto do meu pai este ano não há cabrito). Espero que tudo corra bem, porque apesar de sermos apenas os 5 é o primeiro Natal na nossa casinha e aqui a Nazi-Natalícia quer tudo peeeeerfeito!!


Até agora os únicos problemas são: o facto de não ter encontrado fermento de padeiro e por isso o bolo rainha até agora não cresceu pevas. Espero que fique comestível... o facto de nunca ter feito azevias na vida também me está a "assustar" até porque se correrem tão bem como as filhoses o ano passado, estou bem tramada!

óh well... comida não irá faltar! Acho que até Fevereiro andaremos a restos do Natal.

Bem, queria apenas desejar um Feliz Natal a todos os que me lêem (e mesmo aos que não lêem), que tenham uma bela noite, um belo dia amanhã (estou de foooooolga!!! Pela primeira vez em três anos vou ter o dia de Natal de folga!!!), que gostem muito das prendas que vão receber, que as pessoas gostem muito das prendas que vocês deram (as 3 que já dei as pessoas adoraram - que no meu circulo não há cá esperar para abrir na noite de Natal. Assim que as recebemos é logo abrir tudo!), que gozem muito as prendas que vocês deram a vocês próprios (ou serei a única com essa pancada?), que comam muito (mas sem ficarem maldispostos, ok?!), que recebam muitos postais [este ano só enviei 3 :( ] e que na realidade, seja um Natal que fique para a História [apesar de este ano não termos tido a árvore de Natal gigante em Lisboa :( ]! O meu sei que ficará e que será recheado de fotos, para mais tarde recordar!



BEIJINHOOOOOS!!!!

quarta-feira, 22 de Dezembro de 2010

Hoje foi um daqueles dias...

em que assim que acordo consigo a proeza de deixar cair o telemovel para o gavetão debaixo da cama. Chego à casa de banho e deixo cair a bolsa da maquilhagem com grande estrondo.

A fechar o cacifo, fui contra a porta (sabe Deus como) e tenho o ante-braço todo raspado.

Mas... la pièce de resistance é sem dúvida...

Rufo de tambores se faz favor...

Consegui furar o dedo com o furador da recepção. E não. Não é electrico. É do genero daqueles que todos temos em casa.



Mas porquê é que ser desastrada só é amoroso quando é a Meg Ryan a fazer os disparates?

terça-feira, 7 de Dezembro de 2010

Whishlist #2

Ora bem, mais uma opção de prenda natalicia que dou a todos vós e em especial ao meu futuro amigo secreto do O.O.


Este Natal, gostava mesmo mesmo mesmo de ter isto debaixo da árvore e quem sabe fazer logo ali uma jogatana, com o F. os pais dele e o meu papá, na noite de 24 :)

E como eu até sou fofa, aviso já que comprar no Continente deve ser mais barato do que irem à FNAC, pois o livro e a agenda são bem mais baratas em todas as lojas, quando comparamos com o preço da FNAC (até na velhinha Bertrand que sempre teve a fama de ser careira).

Velhice

Eu... Istari de nome, hoje descobri que estou velha!!


O meu colega de 20 aninhos, não sabe o que é A Minha Agenda da RTP e diz que nunca ouviu a canção: A minha agenda! A minha agenda! lalalalalalaaaaaa

Senti um leve aperto no coração ao ouvi-lo perguntar: O que é isso? Eu sei que até já tenho um cabelo branco... mas este sentimento não será precoce demais??

sábado, 4 de Dezembro de 2010

Wishlist #1

Nunca fiz nenhuma Wishlist... Acho que está na altura de experimentar, até porque o Natal está a chegaaaar :)



Vamos iniciar a listagem com: Color Palette da Sephora!

Edição limitada !
Palette maquilhagem 5 em 1
5 harmonias de cores: 50 sombras, 10 batons e 5 blush
Preço: 39.90€

Eu fui tão boazinha este ano... (óh para mim a fazer olhinhos de cachorrinho)

Livros, Livrinhos e Livrões

Hoje estive a ler uma discussão intelectual num outro blog, sobre a inteligência de cada um, de acordo com os livros que lê.

Sim senhor, tudo muito bonito, mas será que se pode mesmo dizer "diz-me que livro lês e dir-te-ei o quão inteligente és"??

Por exemplo, o meu livro favorito é: Mulherzinhas de Louisa May Alcott. Porquê? Porque foi dos primeiros livros que li, que amei, que estará para sempre no meu coração e que leio todos os anos (mais ou menos por esta altura).

Gabriel Garcia Márquez ou qualquer outro Nobel, que fica sempre bem dizer-se que se ama de paixão, sim... leio, mas não digo que os ame loucamente. Gosto do modo de escrita de alguns, de outros não... tenho alguns livros mais intelectualóides mas a verdade é que nem sempre me apetece. E mesmo esses autores têm livros e livros. Não são todos excelentes, pelo amor de Deus!

Sou muito de fases. Já tive uma fase mais lamechas em que o P.S. I Love You me fez acabar o livro abraçadinha a ele e com uma lagrimazinha ao canto do olho; quando tenho mais paciência gosto de ler algo que me faça pensar ou apreciar o modo como o autor escreve (para mim, O Leitor de Bernard Schlink tem uma das melhores escritas de sempre) mas ultimamente, devido talvez à fase de stress que ando a ter, ando mais virada para as comédias (como as da Sophie Kinsella).

Na minha estante, tenho tudo mais ou menos dividido por temas - BD, comédias, livros do coração, livros da escola (turismo, turismo, turismo eheheh), intelectualóides, um espaço só para os livros que tenho ainda para ler... E sim... tenho uma parte dedicada ao meu querido Harry Potter e à saga Twilight e não tenho vergonha de dizer que gostei bastante de ler todos eles! Aliás, o espaço que tenho dedicado aos meus bebés no escritório é já tão pouco (apesar da estante ser enooorme, que em algumas áreas) que - graças ao facto da prateleira ser profunda - tenho 2 filas de livros em cada divisória.

Também tenho livros que comprei naquele sitio maravilhoso que é a Feira do Livro no Parque Eduardo VII, quando ainda tinha os meus 14 ou 15 aninhos e que só agora os consegui ler e gostar. Como o clássico Monte dos Vendavais que comprei porque falavam muito bem do livro, que era tudo e mais alguma coisa... a primeira vez que o li, acho que nem o acabei. Este ano resolvi dar uma hipótese ao bicho e... amei. A história, as personagens, o modo como a menina Brontë escreve... lindo!

Tal como de vez em quando sabe bem ver um filme de ficção cientifica (eu pelo menos adoro) e um filmezinho pipoca, também faz falta um livro pipoca para passar o tempo. Acho que não precisamos de estar sempre a ler livros mais sérios. Será que a maioria das pessoas que o faz, fá-lo por gosto ou porque parece bem e de alguém com um Q.I. alto? Acho que para seriedade já nos chegam os nossos trabalhos, e por vezes, a vida, não? Quando estamos na praia, vamos levar a Guerra e Paz, ou o Código Da Vinci? Por amor de Deus! Sempre que vejo pessoas a falar mal dos livros do Dan Brown penso logo: olha este... é daqueles que deve ter a mania que é muito esperto e como os intelectuais não gostam, fala mal, mesmo que nunca tenha lido nada do homem!!

Mas qual é a vossa necessidade em falar mal dos autores? É complexo porque são autores populares e vocês são aqueles tipicos cromos sem amigos, sem vida social, com a mania que são os maiores e os mais inteligentes? Tipo Sheldon da série Big Bang Theory? E como tal, todo aquele que é popular, é porque não tem cérebro e não sabe falar sobre a teoria das cordas?
Na mesinha de cabeceira tenho 3 livros: To kill a mockingbird (não sei o nome em português), A viagem do Elefante e uma comédia ranhosa que não estou a conseguir ler e que acho que vai acabar no fundo da garagem ou na estante dos livros que foram desterrados para o Alentejo. Estou completamente presa ao To Kill a Mockingbird (apesar de estar a ler na versão original e de existirem muitas passagens em inglês tipico do Sul dos E.U.A.) e a Viagem do Elefante vou para aí na página 12 porque simplesmente não consigo estar com atenção...

J'adore livros. Mas todo o tipo! Ok ok menos de terror... apesar de ter comprado um, para oferecer ao meu F., e de ter muita vontade em lê-lo. Só que... bem, digamos que apenas que sempre que olho para a capa e leio Misery lembro-me logo daquela cena do filme em que ela parte os tornozelos ao senhor, e como essa foi a unica coisa que já vi de tal filme, e imagino que não deve ser o pior que ela lhe faz, bem...perco toda a vontade!

Eu não julgo ninguém pelo livro que consideram o que mais marcou as suas vidas... Até porque o nosso livro favorito não quer dizer que seja o melhor que já lemos! É um livro que nos marcou, seja na infância, adolescência ou vida adulta, e para quem gosta de ler, existem muitas mais razões para um livro nos marcar do que apenas a sua semântica... Já ouviram falar no Clube dos Poetas Mortos??? Ou isso também é algo muito simplório para vós?

Agora e vós, meus amores, qual é o livro da vossa vida e porquê? (será que é desta vez que alguém responde às minhas perguntas? Hope So!!)

quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010

Natal

Ai ai... já só penso no Natal e nas decorações e na comidinha desta quadra e é então que me lembro.

Ali. Na mesa da sala. O meu portátil. Os meus livros. As minhas folhas. Os meus cadernos. Os meus apontamentos. À minha espera. A fazer beicinho...

Daqui